Mercado Livre cria preço mínimo de produtos; custo da devolução será dividido com lojista

No dia 10 de Julho, o Mercado Livre estipulou um preço mínimo para os lojistas poderem anunciar. O valor mínimo por anúncio será de R$ 6.

Vendedores que comercializam itens mais baratos precisarão, por exemplo, agrupá-los em pacotes ou packs em um mesmo anúncio. Produtos vendidos por menos de R$ 6 não poderão ser divulgados no marketplace.

“Por exemplo, se você vende canetas ‘Bic’, convém anunciá-las como ‘Canetas Bic em pack de 10 unidades’. Desta forma, o seu preço será maior e você terá um lucro melhor”, explicou o Mercado Livre em sua página.

Logística reversa

Os custos da devolução de produtos também mudou. Agora, se um comprador inicia uma reclamação para devolver o produto porque não está “em perfeitas condições ou como ele pediu”, o custo total da etiqueta de devolução será por conta do lojista.

Por outro lado, se o comprador quer devolver o produto por um problema que não foi de responsabilidade do varejista, a devolução continuará sendo grátis para o vendedor.

Anúncios grátis

Os requisitos para criar anúncios grátis também sofreram alteração na mesma data em que o preço mínimo passa a valer. A partir de agora, o lojista poderá anunciar produtos usados no plano Grátis até alcançar 20 vendas no último ano.

Já no caso de itens novos, o limite para esse tipo de exposição no marketplace é de cinco vendas no último ano.

“Em relação ao número máximo de anúncios na modalidade Grátis, o limite se aplicará ao vendedor que tiver alcançado 20 vendas de produtos usados no último ano – a contar de 10 de julho de 2018, quando essa regra passou a valer ou 5 vendas de produtos novos no mesmo período. Em ambos os casos, o vendedor poderá ter até 10 anúncios simultâneos e sempre com estoque de uma unidade. Vale lembrar também que o anúncio grátis tem duração de 60 dias”, afirmou o Mercado Livre em nota ao E-Commerce Brasil.

 

Ficou com alguma dúvida?  Converse agora mesmo com um de nossos especialistas em soluções digitais: comercial@awake.digital

 

Fonte: ecommercebrasil

WhatsApp chat