Mastercard anuncia medidas para aumentar a segurança dos pagamentos online

Mastercard anunciou que ampliará seus esforços para aumentar o número de bancos, varejistas e parceiros que utilizam iniciativas e serviços de segurança na América Latina e no Caribe para aprimorar a segurança dos pagamentos online e melhorar a experiência do consumidor.

Isso ocorre num momento crucial para a América Latina e o Caribe (LAC), à medida que o comércio eletrônico vem ganhando tração e deve se tornar a norma em breve.

A demanda por e-commerce na América Latine e Caribe (LAC) cresceu de 126 milhões de pessoas em 2016 para 156 milhões em 2019, com vendas online acompanhando o ritmo de crescimento, indo de US$ 40 bilhões em 2016 para US$ 80 bilhões em 2019.

Esse fato deve aumentar sem sombra de dúvidas a expectativa em relação a experiências de pagamento online perfeitas, com segurança e conveniência inquestionáveis.

Para acelerar a adoção de tecnologias de ponta necessárias para garantir a segurança do ambiente de comércio eletrônico, foi criada uma Abordagem de Segurança Digital (Digital Security Roadmap) que oferecerá um conjunto de iniciativas, diretrizes e ferramentas para bancos e varejistas em LAC aprimorarem suas soluções de segurança.

A colaboração na indústria se dará por meio de parcerias com governos e reguladores, oficinas educacionais com bancos e e-commerce e a introdução de tecnologias e serviços de ponta relacionados à segurança online.

Segundo Jeff Wilson, vice-presidente executivo de serviços da Mastercard, “conforme o e-commerce cresce na região, queremos passar da segurança online defensiva para a ofensiva, promovendo a adoção das mais recentes tecnologias, ajudando a reduzir níveis de fraude e, assim, garantir a melhor experiência para o consumidor”.

De acordo com Wilson a abordagem se concentrará principalmente na aceleração da adoção de tecnologias de autenticação e tokenização já em 2019.

Essas tecnologias de autenticação, em linha com o padrão da indústria (3DS EMV), já presentes em vários emissores e varejistas no Brasil, permitem aos estabelecimentos comerciais e bancos saberem se os compradores online são quem eles dizem ser.

Uma das novas tecnologias em autenticação que a Mastercard disponibiliza para os bancos é um serviço de detecção de fraude e decisão baseado em inteligência artificial. A solução (chamada de Decision Intelligence) foi criada para medir o nível de risco de uma transação e ajudar os bancos a melhorarem a precisão de confirmações de pagamento.

Outra solução, já presente em clientes Mastercard no Brasil, permite que os consumidores não precisem fazer nada quando o cartão expirar.

A Mastercard envia com segurança as informações atualizadas do novo cartão aos seus estabelecimentos comerciais de preferência (o chamado Automatic Billing Updater), e, se solicitado pelo consumidor, bloqueará essas transações se elas não forem mais relevantes.

Considerando o crescimento das compras online, a tokenização dinâmica também é essencial para os estabelecimentos comerciais que armazenam as informações dos cartões dos consumidores em seus sistemas online.

A tecnologia de tokenização pode ajudá-los a proteger esses dados pessoais, substituindo-os por um número alternativo (o token), que é um conjunto de 16 dígitos que emula o número real do cartão e pode ser usado apenas uma vez.

No caso de vazamento de dados, fraudadores só teriam acesso ao token em vez das informações de pagamento do consumidor, reduzindo a probabilidade de fraude.

“Estamos empolgados em implementar e promover nosso abordagem de segurança digital em LAC, em parceria com nossos parceiros. Pelo fato de contarmos com uma gama de soluções para o moderno cenário de pagamentos, estamos numa posição ideal para continuar proporcionando experiências de pagamento perfeitas para os nossos consumidores, tanto off-line quanto online, além de continuar inovando com os mais altos níveis de segurança “, completou Jeff Wilson.

 

 

 

Fonte: ecommercebrasil

WhatsApp chat