Entenda por que grandes marcas estão investindo na gestão de perfis no Instagram

Você já se perguntou porque o Instagram é tão atraente para as marcas nos dias de hoje? De acordo com a própria rede social, o Instagram reúne hoje mais de 25 milhões de perfis comerciais e mais de 2 milhões de anunciantes em todo o mundo. Mas por trás de tudo isso, tem uma história.

Chamar a atenção das pessoas para o seu produto e, consequentemente, vendê-lo. Esse sempre foi um dos objetivos básicos da publicidade. Ao longo dos anos, muitas foram as maneiras de fazer isso e muitos foram os meios.

Há muito tempo, grandes meios de comunicação de massa como o cinema e a televisão  transformaram-se em poderosos canais para as marcas chegarem ao público e, até pouco tempo atrás, dominavam a publicidade no mundo. Dominavam. Isso porque o mundo está em constante mudança e a realidade, hoje, é outra.

Com a popularização das redes sociais, dois cenários surgiram: de um lado o público vem ganhando cada vez mais autonomia para produzir seus próprios conteúdos e, claro, participar ativamente desse mercado. Do outro, a forma como as pessoas passaram a consumir conteúdos também mudou. Cada vez mais ativas e decididas quanto ao que querem ver (em todos os formatos possíveis), elas passaram a ditar as regras de como as marcas devem se portar para criar uma relação efetiva com elas.

Por isso, não basta ter dinheiro para investir em um comercial na TV. Hoje em dia é preciso oferecer conteúdo relevante, entretenimento, um serviço ou um propósito que faça diferença e resolva uma necessidade do o consumidor.

E é exatamente nesse cenário que surgiu o Instagram. A rede social líder em engajamento no mundo, é hoje um dos principais campos de batalha para as marcas que querem se relacionar com seus públicos. E é justamente esse potencial de engajamento que faz da rede tão vantajosa para as empresas hoje.

Trata-se de um espaço em que é possível:

  • Compartilhar fotos;
  • Interagir com amigos e seguidores;
  • Fazer transmissões ao vivo;
  • Trocar mensagens privadas com outros usuários.
  • Criar anúncios altamente segmentados.

GESTÃO DE PERFIS NO INSTAGRAM: O CAMINHO DAS EMPRESAS QUE CONVERSAM COM O PÚBLICO

De olho nesse mar de possibilidades, grandes marcas perceberam que, com uma gestão de perfis no Instagram eficiente, era possível falar com um novo público-alvo, uma fatia de mercado que não está mais disposta a ficar na frente da televisão, mas que, ainda assim, está ávido por boas histórias. Mas a questão, agora, é: qual a nova maneira de criar narrativas?

Grandes nomes que investiram na rede perceberam que, mais do que “empurrar” seu produto aos clientes, era preciso contar algo, criar um contexto. Em vez de pedir para o público comprar a “roupa x”, era interessante mostrar o estilo de vida de quem usava aquela roupa, ou o ambiente de trabalho na fábrica em que ela era produzida. Mas isso é só um exemplo.

Não há fórmulas e as grandes empresas ainda estão descobrindo novas maneiras de fazer essa comunicação. Certamente, ainda há muitas novidades por vir. A própria rede social lança novas funcionalidades e atualizações para perfis comerciais com frequência. De uma coisa elas têm certeza: não basta somente agendar posts no Instagram. É preciso fazer isso de forma consciente e estratégica.

QUANDO AS MARCAS COMEÇARAM A ENTENDER A IMPORTÂNCIA DA GESTÃO DE PERFIS NO INSTAGRAM?

A primeira empresa a postar e investir nessa gestão de perfis no Instagram foi a Michael Kors, em dezembro de 2013. O post promocional da marca de acessórios de luxo começou a aparecer na timeline dos usuários, inclusive na daqueles que não seguiam a página da empresa. Nas 18 primeiras horas da postagem o anúncio gerou:

  • 218 mil likes (370% a mais que um post comum);
  • 4,4 milhões de impressões;
  • 33 mil novos seguidores para a marca.

Diante desse resultado animador, não demorou para que outras marcas percebessem o potencial de negócios dessa rede de compartilhamento de imagens e como era importante investir na gestão de perfis no Instagram. Não só elas. O público em geral percebeu que esse era um canal mais democrático para promover seus trabalhos e até mesmo suas vidas, como é o caso das várias web celebridades e influenciadores digitais que chegam a faturar milhares de reais com posts patrocinados.

Apesar disso, nem tudo é tão simples. As redes sociais são democráticas, mas não fazem milagres. É preciso ter um plano de ação sobre o que postar e que história contar ali.

Que imagem a empresa/pessoa quer transmitir? Essa é uma das questões a ser analisada para uma eficiente gestão de perfis no Instagram.

Gostou deste artigo, converse agora mesmo com um de nossos especialistas soluções digitais: comercial@awake.digital

 

 

 

 

Fonte: mlabs

 

 

WhatsApp chat