Qual rede social escolher para a divulgação de uma empresa?

Redes sociais para a divulgação, independentemente do setor e porte de um negócio, são essenciais. Mas de que forma usar as mídias sociais de maneira que uma empresa marque presença no meio digital?

LinkedIn, Facebook, Twitter, YouTube, Instagram, Pinterest… Quais escolher? Primeiramente o que deve ser compreendido é que usar as redes sociais para a divulgação não deve ser exatamente o principal objetivo de um empreendedor, é necessário compreender as redes sociais como essencial ferramenta de interação.

O consultor de negócios, Adriano Nodari, explica que o bom uso das mídias sociais faz parte de um bom marketing de relacionamento, vital para qualquer negócio e, que antes de propor uma venda, é importante que a empresa marque presença nas redes sociais:

“A internet é lugar de discussão de ideias, de interação e saber usar as redes sociais adequadamente pode fazer com que um negócio conquiste a confiança, e o principal objetivo, o engajamento dos clientes. Antes de oferecer um produto, ofereça uma informação útil, que será valiosa para aquele usuário, e se ele se sentir atendido, pode ter certeza, vai procurar mais informações sobre o seu negócio.”

Redes sociais para a divulgação – as mais importantes na atualidade

Preciso estar em todas as redes sociais? Nodari esclarece que depende das redes sociais que os seus clientes frequentam:

“Por isso, o primeiro passo é conhecer bem o seu público-alvo e definir quais as personas que sua empresa quer alcançar. É clichê, mas a sua empresa precisa sempre estar onde seu público está. Uma empresa não tem um número mínimo ou máximo de personas, porém, quanto mais personas, maior o investimento”.

As principais redes sociais para as empresas:

LinkedIn – É uma das principais redes sociais para empresas e por quê? No LinkedIn é possível ter um perfil para o negócio, assim como no Facebook, mas com uma diferença: a possibilidade de gerar relacionamentos mais consistentes é maior, o networking é uma realidade dessa rede social desde o início de sua criação, por isso, desenvolver parcerias e até mesmo encontrar investidores em potencial, é mais viável pelo LinkedIn.

Essa rede também possibilita o compartilhamento de imagens, vídeos e textos, o que pode melhorar o relacionamento de sua empresa com o público e gerar maior visibilidade para a sua marca.

Facebook – Essa é a segunda entre as redes sociais para a divulgação de um negócio. Por meio da fanpage é possível interagir através de conteúdos atraentes, mesclando imagens, vídeos e textos. Os compartilhamentos e curtidas podem gerar leads para o seu negócio, levando pessoas que nunca ouviram falar de sua empresa ao conhecimento da sua marca.

Instagram – Essa é uma das redes sociais que mais cresce no mundo, segundo levantamento realizado em 2017 por Carolyn Everson, executiva do Facebook, o Instagram tem 800 milhões de usuários ativos por mês e 500 milhões de pessoas acessando o aplicativo diariamente.

É possível publicar fotos e vídeos acompanhados de textos, e por meio das hashtags, tornar o seu conteúdo facilmente encontrado por aqueles que se interessam pela informação que está oferecendo. É possível usar o Instagram como ferramenta para sorteios e campanhas.

YouTube – Há algum tempo essa rede social é uma das mais importantes para gerar visualizações para uma marca. Esqueça a palavra vídeo quando for falar no YouTube como ferramenta no marketing digital, o que esse meio oferece é conteúdo, que se bem produzido, levando-se em conta o seu público, pode levar à interação e até à monetização, quando há anúncios presentes.

Twitter – Quando se fala em redes sociais para a divulgação leve em conta o Twitter. É conhecido como microblog, a princípio aceitava conteúdos com o limite de 140 caracteres, que foi aumentado ano passado para o dobro (280). Sabia que a maior parte das notícias no mundo começa por aquilo que bomba no Twitter? Quer ficar atualizado sobre o que está acontecendo? Basta acessar o Moments, que permite ficar por dentro das principais histórias que são assunto na atualidade.

Os seguidores no Twitter podem mencionar o seu negócio, fazendo perguntas, elogios e críticas. No Trending Topics é possível acessar os assuntos de maior visibilidade no Brasil e no mundo. Se for bem utilizado, o Twitter pode estar entre as mais importantes redes sociais para vendas, principalmente no relacionamento antes e após a compra de um produto/serviço.

WhatsApp – Essa é uma novidade no que se refere à ferramenta dentre as redes sociais para a divulgação. Em pesquisa realizada pela CONECTA Express, foi mostrado que o WhatsApp é o aplicativo mais usado entre os usuários, com o percentual de 93%.

Depois de pedir a autorização do cliente para receber o seu conteúdo, os contatos podem ser segmentados por preferência e mensagens específicas podem ser encaminhadas via transmissão no WhatsApp. Depois da criação da versão web, que pode ser acessada pelo notebook ou computador, o envio de mensagens e imagens se tornou ainda mais eficiente, nesta que é umas das principais redes sociais para vendas.

Redes sociais – Uso consciente

Vale lembrar que é importante que as redes sociais utilizadas pela empresa tenham coerência entre si e periodicidade na veiculação de conteúdo. Nodari acrescenta a importância de que as empresas assumam uma identidade visual em todas as redes sociais em que estiverem presentes e ressalta que cada rede social tem a sua linguagem própria, o que torna essencial estudar uma a uma, antes de utilizá-las:

“Pode ser necessária a ajuda de um profissional de Design para a criação de uma identidade visual que será a sua presença no mundo digital. Todas as redes precisam ter um mesmo padrão visual para serem facilmente reconhecidas pelos clientes e futuros clientes. Escolha as redes que mais podem atender ao seu negócio e foque nessa divulgação. Mas não se esqueça do mais importante – interagir é mais importante do que de cara propor a venda do seu produto”, finaliza.

 

 

Ficou com alguma dúvida?  Converse agora mesmo com um de nossos especialistas em soluções digitais: comercial@awake.digital

 

 

 

Fonte: ecommercenews