9 dicas para sair do vermelho e começar o ano no azul!

Já passou o carnaval e o ano realmente está começando! Assim como associamos a chegada do ano novo com mudanças em nosso dia a dia também devemos pensar nos negócios. Se as contas do empreendimento estão tirando seu sono, agora você tem mais uma boa razão para realizar pequenas ações para sair do vermelho.

O modo de gerenciar e monitorar as finanças são a chave dos negócios e, em alguns casos, alterar alguns processos pode representar uma economia significativa. As sugestões que você vai ler agora são simples, mas essenciais para tirar a corda do pescoço. Confira agora 9 dicas para começar 2018 no azul!

Não menospreze as pequenas despesas

Se você realmente está com poucos recursos, a primeira coisa a analisar é para onde está indo o seu dinheiro. Verifique cada um dos seus gastos e veja se existe alguma despesa que, atualmente, se configura como desnecessária. Um serviço de assinatura, que você não usa mais é um bom exemplo. Lembre-se de que, por menores que sejam certos gastos, quando somados, eles podem fazer uma grande diferença.

Reavalie seu plano de negócios

Após verificar os gastos desnecessários, é preciso reorganizar seus modelos e suas projeções financeiras. Os fatores que o levaram a tomar certas decisões permanecem válidos? São atingíveis? Esse é o momento ideal para traçar objetivos mais adequados e sair do vermelho.

Evite desperdícios

Agora que você já cortou os gastos desnecessários e reavaliou seus objetivos, estará diante apenas das despesas que são absolutamente indispensáveis. O olhar, agora, será para os processos: existe alguma forma de reduzir os desperdícios nesses procedimentos? Caso a resposta seja positiva, não perca tempo e implemente um método mais eficaz.

Conte com um bom sistema de gestão

Ter um software especializado para gerir online as contas da sua empresa é fundamental. O investimento é necessário, mas os seus benefícios compensam o custo: esse tipo de sistema pode auxiliar tanto no processo do planejamento quanto na tomada de decisão. É importante para economizar tempo e também para poupar dinheiro.

Reavalie o seu próprio salário

A despesa mais fácil de ser cortada é o lucro do próprio empreendedor. No começo do negócio, seu salário deve ser o mínimo viável. Caso sua situação financeira permita, adie seu salário até que seu empreendimento se estabilize e o fluxo de caixa aumente.

Busque descontos

Obter descontos em compras por atacado também pode representar uma economia significativa. Em alguns casos, o poder de negociação pode fazê-lo buscar, até mesmo, um novo fornecedor.

Fuja de novas dívidas

Se sua empresa já está no vermelho, adquirir novas dívidas pode fazer com que a situação se transforme em uma bola de neve. Caso o empréstimo seja vital para progredir com o seu empreendimento, planeje minuciosamente como será feito o pagamento de cada parcela. Manter certidões negativas também é primordial para que empréstimos futuros não sejam inviabilizados.

Revenda ativos pouco utilizados

Observe se algum equipamento pouco utilizado pode ser vendido para gerar uma entrada imediata em caixa: é a hora de se livrar daquele computador encostado no canto da sala ou daquela mesa que não comporta mais seus funcionários. Além de levantar algum dinheiro, essa ação ainda contribui para reorganizar o espaço físico da sua empresa o levando a sair do vermelho.

Prepare-se para emergências

Assim que possível, procure criar uma poupança para ser usada apenas em situações de urgência. Ainda que seu negócio não seja de risco, é bom estar preparado para gastos inesperados. Assim, após quitadas as dívidas atuais, você já tem uma reserva para as despesas que precisarem ser feitas em 2018.

Não é possível sair do vermelho sem esforço, mas, com empenho, dedicação e seguindo nossas dicas, começar 2018 no azul torna-se uma possibilidade bastante viável.

 

Gostou deste artigo, converse agora mesmo com um de nossos especialistas soluções digitais: comercial@awake.digital

 

 

Fonte: Bling